Alimentação Vegetariana

Segundo a Sociedade Vegetariana Brasileira, é considerado vegetariano: “aquele que exclui de sua alimentação todos os tipos de carne, aves e peixes e seus derivados, podendo ou não utilizar laticínios ou ovos. O vegetarianismo inclui o veganismo, que é a prática de não utilizar produtos oriundos do reino animal para nenhum fim (alimentar, higiênico, de vestuário etc.).”

Existe uma classificação do indivíduo que segue a dieta vegetariana de acordo com o consumo de subprodutos animais (ovos e laticínios):

 

- Ovolactovegetariano é o vegetariano que utiliza ovos, leite e laticínios na alimentação.

- Lactovegetariano é o vegetariano que não utiliza ovos, mas faz uso de leite e laticínios.

- Ovovegetariano é o vegetariano que não utiliza laticínios mas consome ovos.

- Vegetariano estrito é o vegetariano que não utiliza nenhum derivado animal na sua alimentação. É também conhecido como vegetariano puro.

- Vegano é o indivíduo vegetariano estrito que recusa o uso de componentes animais não alimentícios, como vestimentas de couro, lã e seda, assim como produtos testados em animais.

- Semivegetariano indivíduo que come carnes brancas até 3 vezes por semana

 

A alimentação vegetariana, quando bem planejadas, promovem crescimento e desenvolvimento adequados e podem ser adotadas em todos os ciclos da vida, inclusive por atletas, na gestação, infância e terceira idade.

Organizações internacionais de renome como a ADA (American Heart Association) tem parecer favorável ao vegetarianismo (desde que bem orientado por profissionais de nutrição) pois trazem resultados benéficos na prevenção e no tratamento de diversas doenças crônico-degenerativas não transmissíveis como também um risco reduzido de cardiopatias, câncer, diabetes, obesidade, doenças da vesícula biliar e hipertensão.

Adequação Nutricional dieta vegetariana

Existem mais de 250 estudos que, direta ou indiretamente, avaliaram a ingestão de nutrientes em indivíduos vegetarianos, comparada ou não à ingestão dos onívoros.

De todos os nutrientes, apenas a vitamina B12 não será encontrada em uma dieta vegetariana estrita. Os demais nutrientes podem ser obtidos com abundância e boa biodisponibilidade em todas os tipos de alimentação vegetarian.

As dietas ovolacto, lacto e ovovegetariana fornecem todos os nutrientes necessários ao organismo em todos os ciclos da vida.

A maior preocupação das pessoas que querem se tornar vegetarianas ou as que já seguem este estilo de vida, é em relação a proteína.  Segue abaixo uma tabela que mostra de forma simples substitutos para o equivalente a 100g de proteína.

 

A tabela abaixo mostra a equivalência de substituição da car­­ne por feijões:

Fonte: Guia alimentar de dietas vegetarianas para adultos; Sociedade Brasileira Vegetariana (SVB) São Paulo, 2012.

Posição da Associação Dietética Americana sobre Vegetarianismo:

http://www.vrg.org/nutrition/2009_ADA_position_paper.pdf

Academia Americana de Nutrição e Dietética:

http://vegetariannutrition.net/docs/Vegetarian-Infants.pdf

Clínica Franco e Rizzi

Vila Nova Conceição 

R. Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 46 Cj. 62 e 63

11 3845-5820

Clínica Franco e Rizzi

Jabaquara

R. dos Buritis, 128 cj 503A 

11 3845-5820

Clínica Franco e Rizzi

Anália Franco

R. Serra de Botucatu , 660 - cj 61/62/63/64

11 3845-5820

Clínica Flávio Queiroz

Vila Mariana

R. Dr. Bacelar, 173 - 1º andar

11 5575.0845

© 2018 | Todos direitos reservados